MEC PROMETE SERIEDADE NA CORREÇÃO DA REDAÇÃO DO ENEM 2013

12/05/2013 08:11

 

Começam na segunda-feira, 13, as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição 2013, com o aviso do ministro Aloizio Mercadante de que as novas regras de correção das redações não permitirão os absurdos gramaticais ocorridos no ano passado. Se prevalecer o rigor anunciado pelo ministro, os alunos terão que mostrar maior domínio da língua portuguesa. Quem fugir do tema receberá nota zero.
As mudanças já eram esperadas. As duras críticas às correções, que atribuíram nota 1.000 a redações que continham erros graves de grafia e de concordância verbal, levaram os técnicos do Ministério da Educação (MEC) a reavaliar o conceito de correto e incorreto no uso da língua pela idéia de uso de adequado e inadequado para determinada situação comunicativa, ao considerar a dimensão continental do país e a evidência das desigualdades comunicativas. Só que a prova é dissertativa, portanto, exige uma boa redação!
Agora, tudo leva a crer que não serão mais tolerados erros graves de ortografia e concordância e tampouco permitido apresentação de receita de macarrão instantâneo ou de hino de time de futebol para conseguir nota boa. Espera-se que este ano não ocorra mais um escândalo no Enem, para mais uma vez o governo petista dizer que “está tudo bem”, depois de considerar tais erros “desvios gramaticais leves”.
Importante salientar que não é finalidade a Educação Básica preparar para o vestibular, mas formar o cidadão, só que nem todo cidadão vai para a universidade, no entanto, o MEC entende que esta discussão já foi superada pelos objetivos do Enem servir para ingresso à educação superior. Ao longo de suas edições, conforme o Ministério, o que ocorreu foi um aprimoramento da prova, para impedir erros tolos e tornasse o exame tão comum e rotineiro a cada edição.
A sociedade espera que a redação deste ano não seja o principal motivo de críticas ao Enem.

POR: GARCIA NETO

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!